COVID -19 | ALTERAÇÃO DAS MEDIDAS DE COMBATE

O Município da Amadora tem encetado esforços na definição de medidas de combate à propagação da doença por COVID-19 que respondam às necessidades da sua população.

Na sequência das últimas orientações governamentais, entre as quais o decretado encerramento dos estabelecimentos de educação e ensino, e à semelhança do anterior confinamento, o Município encontrou soluções de apoio à sua comunidade escolar, nomeadamente:

1. Prestação de apoios alimentares aos alunos beneficiários do escalão A e B da ação social escolar

  • Diariamente serão asseguradas refeições completas (sopa, prato e fruta), em regime de "take away", aos alunos com escalão A ou B do ASE que manifestem previamente o interesse. As refeições serão entregues em pontos de destribuição a definir por cada Agrupamento de Escolas e incluem, para as crianças de Pré-escolar e para os alunos de 1º Ciclo, o lanche escolar.

2. Acolhimento dos filhos ou outros dependentes a cargo, com idades até aos 12 anos, de profissionais mobilizados para o desempenho de funções essenciais, a partir do dia 22 de Janeiro 2021 (inclusive), das 9h00 às 17h00.

  • 0 aos 3 anos – Autarquia em articulação com Santa Casa da Misericórdia da Amadora (Creche Santa Teresinha, integrada na EB1/JI Aprígio Gomes), inscrições aqui.
  • 3 aos 12 anos – os alunos serão integrados em escolas do Agrupamento de Escolas de frequência. Consulte a lista aqui.

3. Apoio aos alunos das unidades integradas nos centros de apoio à aprendizagem e cuja permanência na escola seja considerada indispensável.

Para beneficiar destes apoios as famílias deverão manifestar o seu interesse junto da direção do Agrupamento de Escolas de frequência.

A par destas medidas e antecipando um possível cenário de ensino à distância ou misto, o Município da Amadora prepara-se para adquirir mais 1.000 computadores portáteis, medida que reforçará a estratégia municipal de apoio educativo.